Mapeamento da Automação no Brasil

Descrição do Projeto

Com o avanço da 4ª Revolução Industrial, as discussões sobre o Futuro do Trabalho se intensificam ao redor do mundo. No Brasil, onde a taxa de desemprego está acima dos 11%, as preocupações sobre o emprego focam no curto prazo e o futuro tende a ser deixado de lado.

Dado esse contexto, o presente relatório foca no impacto de novas tecnologias sobre o emprego no Brasil. A análise realizada se baseia numa estimativa da probabilidade de automação para cada uma das mais de 2.500 ocupações brasileiras. Com base nessa estimativa, é feito um cruzamento com outras informações sobre os trabalhadores e as empresas. Além disso, o relatório traz uma explora o impacto da automação sobre cada um dos municípios do país.

Os resultados do estudo mostram que 60% do emprego no Brasil deve ser altamente impactado pela automação nas próximas décadas com diferentes grupos de municípios sendo impactados em graus diferentes. A análise também indica que os grupos sociais mais vulneráveis serão os mais impactados.

Esse estudo foi submetido para publição em revista acadêmica e também foi editado pelo Laboratório do Futuro na forma de um Relatório Técnico. O relatório técnico, entitulado “O Futuro do Emprego no Brasil: estimando o impacto da automação” foi publicado pelo Laboratório do Futuro e encontra-se disponível no link abaixo.

Relatório Técnico “O Futuro do Emprego no Brasil”

Linhas de Pesquisa

Futuro do Trabalho

Pesquisadores
Yuri Lima
Miriam Chaves
Gilda Esteves
Julia Strauch
Daniel Takata Gomes
Jano Moreira de Souza